Instituto arrecada 3,5 toneladas de alimentos para indígenas mato-grossenses

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

O Instituto Ecossistemas e Populações Tradicionais (Ecoss), em parceria com o Museu de História Natural de Mato Grosso arrecadaram, por meio de uma vaquinha on-line e doações de parceiros, o valor total de R$ 19.700,00 que foram convertidos em alimentos para mais de 100 famílias Xavantes e Xinguanas. Os alimentos foram entregues na segunda semana de abril, contemplando mais de 500 indígenas que estavam passando por necessidades devido à falta de alimentos nas aldeias.

A equipe do Instituto Ecoss saiu de Cuiabá em direção a Campinápolis onde foram entregues alimentos para as Aldeias Xavantes São Paulo e São Felipe. Depois seguiram para o município de Canarana, onde os povos Xinguanos Waurá e Kuikuro também receberam as doações.

Para fazer toda a logística, a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso (SECEL) cedeu um carro com motorista para o transporte da equipe que foi realizar as doações. Já para levar os 3,5 mil quilos de alimentos, um caminhão foi locado com parte do dinheiro arrecadado.

No total foram arrecadados R$ 4.700,00 pela vaquinha on-line, na qual 6,4% ficam como taxa da plataforma, podendo ser sacado o valor de R$ 4.370,00; já o Instituto Ecoss participou com a doação de R$ 5.000,00; e a Archaeo Pesquisas Arqueológicas com o valor de R$ 10.000,00.

O Instituto Ecoss, o Museu de História Natural de Mato Grosso e todos os indígenas contemplados com as doações agradecem a todos que se mobilizaram de alguma forma para ajudar as mais de cem famílias indígenas que estavam passando necessidades devido à falta de alimento.

Radharani Kuhn – Assessoria de Imprensa